domingo, 5 de fevereiro de 2012

Não tenho tempo porque todo o meu tempo é teu e, por isso, passo os minutos sem os passar. Como se a minha vida fosse agora alegoria do teu corpo e miragem do teu olhar. Transformei-me, para te amar. Simples mas agarrado aos pormenores da vida: transformarmos-nos em amor para sermos de alguém. Apaixonarmo-nos pelo amor para sermos de alguém e por alguém. Não tenho tempo porque todo o meu tempo pertence ao teu corpo e à maneira como canalizas o teu olhar por mim. Não tenho tempo porque és dono de alguém, de alguma coisa, de mim, da minha vida, do meu sorriso, da pele que me recobre. Sou tua sem ser minha voando ao céu com as tuas asas. Sonhando o mundo nos teus sonhos. Sorrindo utopicamente pelos teus lábios. Amando incondicionalmente junto do teu coração. Da minha lua. Das minhas estrelas. Da força que me faz correr pelo teu mundo, da energia que me faz desejar-te sempre que me tocas.... Não tenho tempo porque todo o meu tempo é teu quando o meu mundo é apenas o teu sorriso... O caminho que percorre a tua pele e os sonhos que fazem sonhar o teu coração... Quando o meu mundo é seres meu como toda a voz que canta a minha pele é tua. Seres meu como cada pedacinho do céu que é meu e é teu também. Talvez por seres o meu tempo... E a minha vida. Talvez apenas por seres o meu sorriso. O meu olhar, que olhará sempre para o céu... Vendo-te voar nas minhas asas, carregando o mundo com as tuas estrelas. Brilho do meu coração. Paisagem da minha eufórica paixão

10 comentários:

  1. Eu encanto-me ao ler-te. É incrível, linda Marianinha.

    "Não tenho tempo porque todo o meu tempo pertence ao teu corpo e à maneira como canalizas o teu olhar por mim. Não tenho tempo porque és dono de alguém, de alguma coisa, de mim, da minha vida, do meu sorriso, da pele que me recobre."

    ResponderEliminar
  2. só vejo beleza aqui. tens uma alma tão reluzente.

    ResponderEliminar
  3. oh que amor mariana os teus comentários deliciam-me. e eu já não sei que palavras usar para a tua escrita, porque está sempre cada vez melhor que a anterior, e tu prendes quem lê pelas tuas palavras. "Simples mas agarrado aos pormenores da vida: transformarmos-nos em amor para sermos de alguém. Apaixonarmo-nos pelo amor para sermos de alguém e por alguém." lindo, sem duvida

    ResponderEliminar
  4. os teus textos estão sempre cheios de doçura (assim como os teus comentários para mim, deixa-me dizer-te.)

    "Quando o meu mundo é seres meu como toda a voz que canta a minha pele é tua. Seres meu como cada pedacinho do céu que é meu e é teu também. Talvez por seres o meu tempo... E a minha vida. Talvez apenas por seres o meu sorriso." - perfeito, perfeito.

    ResponderEliminar
  5. digo o mesmo das tuas palavras. repito-me, eu sei, mas és maravilhosa quando escreves.

    ResponderEliminar
  6. obrigada, Mariana. como já te disse, tudo aqui é perfeito.

    ResponderEliminar
  7. novo texto no meu blogue : http://mafaldacristinafernandes.blogspot.com/2012/02/amor.html
    gostaria muito que me desses a tua opinião , obrigada beijinhos : )

    ResponderEliminar

Até Já

A minha foto
Amor, saudade, dor, ausência, paixão...