quarta-feira, 8 de julho de 2015

Quando o coração está desfeito. O que fazer quando nos esmagam o coração. O que fazer quando a vida chora. Quando os sonhos que moravam em nós são agora tão pequeninos que dói de pensar no tamanho que foram. O que fazer para acalmar a dor que não cessa. As lágrimas que rompem como se fossem flechas. Os apertos que esmagam como se fôssemos folhas de papel. 
Quando o coração está desfeito. O que fazer para recuperar a sua sanidade. O que fazer para equilibrar o desequilíbrio que nele mora. O que fazer para aconchegá-lo. Quando o nosso aconchego foge. Quando a nossa calma já não mora no mesmo sítio do coração. Quando o quente de um abraço está para lá dos limites de segurança.
Quando o coração está desfeito. O que fazer quando o amor ainda mora dentro dele. Quando nos apercebemos que mesmo cheios de dor ele é a nossa única solução. 
Quando o coração está desfeito. O que fazer com a confiança destruída. O que fazer com as vozes que gritam mais alto que nós. 
Quando para além do coração estamos desfeitos também. Em qualquer pedaço de cada sorriso. Em qualquer parte da nossa pele que agora já não brilha.
O que fazer quando tudo o que somos chora. Num choro que nos consome por termos a certeza que o amor ainda mora dentro de dois corações que se amam. Num choro que aperta a garganta de cada voz. O que fazer para acabar com a loucura descabida que é viver sozinho num carrossel. 

O que fazer... Quando gritamos de diferentes lados de uma mesma parede. 
O que fazer... Quando a vida perde o sabor da vitória e da tristeza.
O que fazer... Mariana. O que fazer quando o coração está desfeito?

10 comentários:

  1. Mariana, por muita que seja a intensidade de certos instantes, a vida não passa mesmo dessa eterna efemeridade: é um compêndio de momentos. Sorve todos os segundos de felicidade avassaladora que conseguires provar e firma bem a sanidade da tua morada espiritual quando tudo ruir à tua volta e no teu interior.
    Pensa sempre que quando choramos, estamos apenas a lavar a alma. Pensa na água como simbologia de renascimento.

    Um beijo imenso... E que esse belo coração repleto de sensibilidade, volte a galopar por prados que te inebriem com suas fragrâncias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Eros. Há momentos em que não conseguimos controlar a mágoa que escorre na nossa alma e este foi um deles. As tuas palavras dão-me sempre uma sensação de paz. Pensarei assim quando chorar... E sei que costumo pensar assim. Sei que sou forte. Sei que conseguirei sair da infelicidade que estou agora.

      um beijo enorme

      Eliminar
  2. É difícil lidar com coração desfeito e connosco próprias quando não temos ideia do que fazer e a confiança que outrora poderíamos ter está também ela desfeita..
    Espero que tudo corra bem e muita força

    ResponderEliminar
  3. Lutar, mesmo que as forças falhem. Não desistir, por mais difícil que pareça. E agarrar naqueles detalhes que ainda conseguem encher o coração, mesmo quando ele aparenta estar desfeito. O pior que podemos fazer é parar, porque aí o processo de cura, para além de ser mais lento, é doloroso.

    ResponderEliminar
  4. Acho que a única coisa a fazer numa altura dessas é chorar tudo o que há a chorar, gritar tudo o que há a gritar e depois dar tempo ao tempo mas sem nunca deixarmos de lutar por nós mesmos, por virmos à tona nem que seja só para respirar um pouco. Não nos podemos deixar afogar

    ResponderEliminar
  5. r: Sim, à distância é que elas estão bem :p

    É verdade, há momentos assim. Não tenhas receio de desabar, chorar tudo o que sentires necessário, o importante é que libertes esse peso.
    Se precisares de alguma coisa, sabes onde estou*

    ResponderEliminar
  6. Minha querida Mariana, não te posso dizer o que fazer. Quem me dera que pudesse, que só eu sei o quanto gostaria de te poder ajudar (por seres daquelas pessoas que eu quererei sempre ajudar por ser tão querida e especial), mas não sei o que se pode fazer quando o coração está desfeito. Porque só o amor o pode desfazer e tornar a colar. E esse, é diferente em cada pessoa. Mas estou aqui para o que precisares. Porque esse amor que sentes, minha querida, não é em vão. :)

    ResponderEliminar
  7. Olá! Mudei o designer do meu blog, vão dar uma espreitadela! Espero que gostem :)
    Beijinhos, nês!!

    ResponderEliminar