quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Mão da minha mão

24. Vinte quatro anos de luta. Força. Tristezas, dores, mágoas. Vinte quatro anos de garra. De amor. De esperança. De alegrias. De paz. De loucuras. O meu homem. Por quem eu dou tudo por sentir que sou tudo de ti. Que és tudo de mim. Sinto que estive presente os anos todos. Por saberes que sou a tua pessoa. A tua guerreira. A tua força. A tua alegria. Vinte e quatro anos de vida que trazem a rasto todas as vitórias que somaste até agora. Por mais que o caminho tenha sido rebuscado. Por mais caminhos traçados que te meteram no caminho. Por mais ruas perdidas que tenhas percorrido. Toda a gente se encontra. Num momento da vida em que sabemos onde estamos. O que queremos. Quem queremos. Como queremos. E tu és o guerreiro da minha. Com a certeza do que sentes e do que queres. A mão da minha mão. Os segredos dos meus segredos. A força, tantas vezes, da minha luta. Obrigada por seres o Homem que vive no colo do meu coração. Por saberes que as brigas são apenas brigas. Que o cansaço faz parte da vida. Mas que nenhuma chama se apaga sempre que somos nós. Os dois. Como somos sempre. Parte de um, do mesmo lado da vida. Vinte quatro anos de luta. Sei que tantos outros ainda estarão por brilhar. Tantas alegrias que ainda terás para viver. Meu amor. Hoje, estás de parabéns. Sorrio de felicidade por ti. Abraço a tua vida porque sei que és o alimento da minha. Pelos momentos que vivemos, choramos, sentimos, corremos, paramos, dançamos, aproveitamos. Pelos momentos que a vida nos deu, porque assim desejamos que fosse. Pelas horas que passam sem notar. Pelas noites que nos conhecemos no escuro. Pelos dias que percorremos as cidades. As histórias. O passado que nos envolveu antes de darmos o primeiro toque. Esse que ainda nos arrepia. Que ainda faz puxar pelas forças que nos agarram. Pelas asas que voam por nós. Pelos sonhos que nascem do que somos e fazemos. Sinto-me em casa, em ti. Mesmo quando estou só, e isso nunca chega a ser cem por cento verdade. Parabéns pela pessoa que és. Mesmo que penses que poderias mudar tanta coisa na tua vida. Mesmo que, por momentos, te lembres das tristezas que amarguraram as nuvens que te sobrevoaram. És um herói. O meu. E espero que entendas que és o teu herói. Que, sem a tua motivação, não serias um pingo do que hoje és. Vinte e quatro anos de uma vida recheada. Dum futuro ainda mais recheado. Prometo fazer-te feliz. Mesmo quando sou uma rabugenta. Mesmo quando pareço não dar o braço a torcer. Conheces-me o suficiente para agarrar o meu abraço quando assim o é. E por isso, e muito mais, te agradeço. Por me descobrires. Por salvares todos os pedaços que sabes que têm vida em mim. Desejo estar do teu lado. Pelo tempo infinito que nos unir. Prometo estar do teu lado. Sei que o estarei. 

Parabéns, amor.

4 comentários:

  1. 24 cheios de tanta coisa!
    Muitos parabéns*

    ResponderEliminar
  2. Parabéns a ele :) Que lhe estejam reservados muitos anos de felicidade.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns a ele (tãoooooo atrasados), e a ti por teres ao teu lado alguém que amas tanto e que te ama de igual modo!

    ResponderEliminar

Até Já

A minha foto
Amor, saudade, dor, ausência, paixão...