domingo, 26 de fevereiro de 2012

Ao amor que nunca morre, há loucura que nunca se perde e à amizade que perdura, não esqueças:  os fins dão sempre início a um novo começo. Contigo carrego o teu amor no coração. Leva-me no teu sempre borboleta. Disseste-me um dia que não sabias ser forte... Mas hoje dei-te a minha força. E ao amor que nunca morre e às histórias que têm que ter fim, lembra-te sempre: os fins dão sempre início a um novo começo. E nós ainda agora começamos a viver. Que o mundo te encha de sorrisos e que a vida te trate ainda melhor do que as flores tratam um jardim. Com amor, de mim para ti. Para que te lembres que nunca irás voar sozinho pois preencherei sempre as tuas asas mesmo voando longe de ti...

7 comentários:

  1. lindo, lindo, lindo. as tuas palavras fazem-me voar.

    ResponderEliminar
  2. tive que ser muito forte ao longo destes anos, mas hoje eu disse-lhe que era feliz. disse-lhe o que ele precisava de ouvir, e hoje, hoje sinto-me bem com isso. obrigada pelas tuas palavras mariana. a tua última frase fez-me voar. tanto nas palavras, sabes? já és linda pelo que escreves

    ResponderEliminar
  3. obrigada minha querida, parece que estou mesmo a precisar de forças... a vida é assim mesmo.
    está lindo, adoro :')
    maior beijo mariana.

    ResponderEliminar