segunda-feira, 1 de junho de 2015

Querer estar

Querer estar. O maior segredo para sermos a paz e o conforto de outra pessoa. 
Querer estar. Mesmo quando o cansaço teima em dar cabo de nós. Mesmo quando a vida a dois é atropelada pelas cicatrizes da vida. Querer estar é o sucesso que nasce por detrás de todos os insucessos. De todos os azares. Saber que por mais que a vida empurre em todas as direções são os braços de quem amámos que encaixam na tertúlia do que somos. Saber que por mais castigos que tenhamos quem vive no nosso coração é quem os transforma em maresia. Em algo suportável. Querer estar será sempre o sucesso para que consigamos amar quem perfura todas as veias do nosso coração... Porque salva tudo o resto. Todas as incapacidades que agarram em nós e tentam desabar as histórias já contadas. Querer estar é sinónimo de amar. De estar. Até ao fim. Com a certeza de que os defeitos dos outros nunca nos farão abafar o que sentimos. Querer estar mesmo que o silêncio seja insuportável. Querer estar mesmo que todos os nossos impulsos nos empurrem para outro lugar. Querer estar é sinónimo de paixão. De amor. De vivermos apaixonados por alguém. Ainda mais... O segredo para quem está do nosso lado se sinta, a toda a hora, imparável. Com vontade de nos amar num grau que nenhum aparelho consegue medir. Que nenhuma sinfonia consegue captar os seus ritmos. Por serem demasiados. Que por demasiados serem lindos se transformam. Querer estar é como amar mais a todos os segundos. Caminhar ao lado de quem outrora parecia tão longe. Ao querermos estar aproximamos quem está do nosso lado. Na vida. Nas histórias. Na música que silenciosamente cantamos por sentirmos que estamos numa teia que suporta todas as nossos alegrias e todas as nossas dores.
Queres estar é sempre muito mais do que parece. Porque estamos para tudo. Em qualquer momento. Por mais complicada que seja a situação. Por mais difícil que seja a nossa presença em determinadas alturas. Querer estar determina a quantidade de amor que temos no nosso coração. Para dar. Para receber. A quantidade determinada pelo tamanho que os nossos braços se conseguem abrir. Que o nosso coração consegue sentir. Que o nosso abraço consegue suportar. E quando estamos sabemos perfeitamente que todas esses requisitos tendem a ir para infinito. Tendem a tornar-se tão grandes quão a nossa vontade de permanecermos. 
Querer estar. Sempre que estamos apaixonados. Sempre que o nosso coração se torna de alguém.
Querer estar. Para aprender que não é a sair que construímos casa em alguém.

4 comentários:

  1. É mesmo isso (: O facto de querer estar é que é significativo, porque se a vontade é partir ou deixar só porque surgem dificuldades no caminho então o mais fácil seria sempre desistir e nem sequer tentar.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Querer estar é tudo isto, é sinal de amor; é sinal de que viemos com claras intenções de não ir embora.

    r: Espero que todas essas tarefas tenham corrido bem e que junho seja ainda melhor :)
    Muito obrigada, minha linda, beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Que texto magnífico, é mesmo isso o amor, querer estar, querer ficar :)
    Um grande beijinho e uma óptima semana! *

    ResponderEliminar
  4. É mesmo isto. É a vontade de estar lá sob qualquer circunstância. O meu namorado é muito assim, sei que lhe custa horrores quando estou mal e lhe peço que me deixe sozinha, por exemplo, porque quer estar lá, não me quer largar, não quer que eu esteja mal sozinha, se for para estar mal que seja nos braços dele.

    ResponderEliminar